A Binance, maior corretora de criptomoedas do mundo, anunciou a queima de mais de 2 milhões de BNB nesta terça-feira (17). O montante queimado é equivalente a R$ 2,94 bilhões.

Realizada trimestralmente, tais queimas fazem parte de uma estratégica monetária da Binance para reduzir a oferta de BNB. Em outras palavras, isso aumenta a escassez da criptomoeda, o que pode torná-la mais atrativa para investidores.

Esta foi a 22ª queima realizada pela Binance e os números são similares a anterior. Em outubro de 2022, a corretora havia queimado R$ 2,87 bilhões em BNB.

No total, a Binance planeja queimar 100 milhões de BNB, metade da oferta da moeda. No momento, 44 milhões de BNB já foram retirados de circulação, indicando que o programa iniciado em 2017 deve seguir por muitos anos.

O que é a queima de criptomoedas?

O programa da Binance consiste em queimar parte das taxas coletadas em BNB por negociações dentro de sua plataforma. Como explicado pela própria corretora, tais moedas nunca mais podem ser utilizadas.

“A queima de moedas é quando uma certa quantidade de cripto é destruída e permanentemente removida de circulação para reduzir a oferta da criptomoeda”, explica a Binance. “Para queimar moedas, você as envia para um endereço de ‘buraco negro’, após isso elas não podem ser usadas para nada. Elas são queimadas. Destruídas. Para sempre.”

Ou seja, isso significa que elas não podem mais serem vendidas no mercado, melhorando a balança entre oferta e demanda.

Além deste sistema, outro recurso também está ajudando na redução de BNB. Chamado Queima em Tempo Real (Real-Time-Burn), o modelo queima parte das transações de transação da blockchain da BNB, algo bem-parecido com o sistema de queima de Ethereum.

22ª queima de BNB pela Binance não muda preço da criptomoeda

Quando o sistema de queima foi introduzido em 2017 pela Binance, o BNB sofria grandes altas em seu preço. Entretanto, as queimas recentes não parecem ter tanto impacto no mercado.

No momento desta redação, o BNB está sendo negociado por US$ 303 com uma ligeira alta de 2,4% nas últimas 24 horas. Contudo, o motivo é a força do BTC, que valorizou 2,8% no mesmo período e não a queima.

Sendo assim, podemos afirmar que a 22ª queima de BNB pela Binance já estava nos cálculos dos traders, assim como as próximas. Portanto, tais queimas não são inúteis, apenas não são nenhuma surpresa.

Por fim, o BNB segue como a 4ª maior criptomoeda do mercado, especialmente pela dominância da Binance, bem como pelas inovações financeiras como tal sistema de queima.

Fonte: Livecoins

➤ Clique aqui e receba em seu celular notícias e análises! É GRATUITO – Portal Yellow no Telegram

Siga-nos no Instagram: @yellowcrypto.br