A confiança do consumidor nos Estados Unidos piorou pouco mais de 5% em novembro em comparação com o mês anterior, de acordo com os dados finais publicados pela Universidade de Michigan na quarta-feira.

Todos os três índices principais registraram perdas nos níveis mensal e anual. O índice de sentimento do consumidor caiu para 56,8 pontos, superando as estimativas do mercado, enquanto as atuais condições econômicas caíram para 58,8 pontos e o índice de expectativas do consumidor caiu para 55,6 pontos.

As expectativas de inflação ficaram praticamente inalteradas neste mês em relação a outubro. A taxa média de inflação esperada para o ano seguinte caiu 0,1 pontos percentuais, para 4,9%. Ao mesmo tempo, as expectativas de inflação de longo prazo mantiveram-se ancoradas em 3%, faixa estagnada nos últimos cinco trimestres. O dólar registrou perdas em relação às maiores moedas do mundo após o último lote de dados econômicos.

EUA – Confiança do Consumidor da Universidade de Michigan – Leitura Final

Confiança do Consumidor, o que é?

O Índice de Confiança do Consumidor é uma pesquisa, que mede o quão otimistas ou pessimistas estão os consumidores em relação à sua situação financeira esperada. O indicador parte da premissa de que, se os consumidores forem otimistas, gastarão mais e estimularão a economia, mas se forem pessimistas, seus padrões de consumo podem levar a uma recessão. O indicador costuma ser divulgado mensalmente.

Qual o impacto?

Quanto mais confiante for o consumidor, maior será a sua disposição em consumir, o que elevará o nível de atividade econômica, o que, tenderá a beneficiar os criptoativos. Por outro lado, quanto menor for a confiança do consumidor, menos ele tenderá a gastar, o que, tende a tirar a atratividade dos criptoativos.

O que está acontecendo?

O relatório de novembro demonstrou uma leve piora da confiança do consumidor em novembro, comparado com outubro, porém, obteve uma melhora significativa em relação à leitura preliminar.

Apesar do aumento significante comparado com a leitura preliminar, a leve redução mensal continua a acumular uma piora na confiança dos consumidores, o que tende a impactar negativamente os mercados de risco. No entanto, a variação mensal juntamente com outros dados, causou ânimo aos investidores que estão cada vez mais otimistas em relação a uma diminuição da magnitude dos aumentos na taxa de juros.

Com isso, as expectativas seguem altas para uma alta de juros de 50bps, visto que o Fed elevou a taxa de juros em 75bps nas ultimas 4 reuniões do FOMC.

Conforme o exposto, o mercado acionário apresenta grande otimismo em relação aos dados de hoje, além do contexto e retórica fornecidos por alguns membros do Federal Reserve, o que sugere operações compradas (longs), no entanto, devido à sensibilidade do mercado cripto a fatores internos, recomenda-se cautela, tendo em vista que haverá a divulgação da ATA da reunião do FOMC hoje às 16:00.
As informações contidas nesse artigo são de caráter exclusivamente informativo e não devem ser interpretadas como oferta ou recomendação de investimentos. Todas as opiniões e estimativas são elaboradas dentro do contexto e conjuntura no momento em que a publicação é editada. O mercado financeiro é dinâmico e as informações, conclusões e análises apresentadas podem sofrer alterações a qualquer momento e sem aviso prévio.
Siga-nos no Instagram: @yellowcrypto.br